12/05/2023 18h13 Médico é preso suspeito de importunar sexualmente colega de trabalho em posto de saúde de Adrianópolis, diz polícia

  • 03/09/2023
12/05/2023 18h13 Médico é preso suspeito de importunar sexualmente colega de trabalho em posto de saúde de Adrianópolis, diz polícia

Prefeitura afirmou que médico é terceirizado e solicitou desligamento dele da função. Segundo a polícia, suspeito tem outras 57 passagens, entre elas pelos crimes de homicídio, furto, assédio sexual e violência doméstica. g1 procura defesa do médico. DATA DA MATÉRIA 12/05/2023 18h13

A importunação foi registrada por câmeras de segurança do local. Nas imagens é possível ver o momento em que a vítima caminha por um corredor, próxima ao médico. Em seguida, ele a agarra e a beija, enquanto ela demonstra resistir. Assista acima.

Segundo a corporação, o suspeito tem outras 57 passagens pela polícia. Entre elas pelos crimes de homicídio, furto, assédio sexual e violência doméstica.

Por meio de nota, a Prefeitura de Adrianópolis afirmou que o médico é terceirizado e que solicitou à empresa responsável o desligamento dele da função.

Além disso, o município afirmou que repudia o crime e que vai prestar apoio à vítima.

Polícia reforça importância de denunciar

A Polícia Civil reforça que toda vítima de crime de importunação sexual ou semelhante deve procurar uma delegacia e fazer o registro do Boletim de Ocorrência. Para casos de violência doméstica, também é possível realizar um registro online, na Delegacia Eletrônica.


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes